Pepitas de Fogo: O Cangaço e seu tempo colorizados, na Galeria Mansarda do Palacete das Arte

“Pepitas de Fogo: O Cangaço e seu tempo colorizados” é o tema da exposição que será aberta nesta quinta (11 de agosto), às 14h, na Galeria Mansarda do Palacete das Artes, com visitação até 11 de setembro. Do artista, historiador e geólogo Rubens Antonio, a mostra apresenta 30 imagens colorizadas, retificadas e complementadas relacionadas ao momento do cangaço.

De acordo com o artista, o trabalho, inédito no Brasil, foi criado a partir de material fotográfico disponível e de peças preservadas da época, acompanhados de pesquisa em cerca de 5 mil matérias de jornais, relatórios, e testemunhos. Além disto, utilizou-se a técnica informática, com atuação centrada nos programas Adobe Photoshop e Adobe Creative Suite. “As imagens refletem seu tempo de maneira ampla, sendo fruto de uma longa pesquisa de resgate das configurações e cores prováveis. Nelas, será possível conhecer o dia a dia dos cangaceiros, além de outras feições”, explica Rubens.

Durante a exposição, o público irá conhecer alguns aspectos de Salvador na época do Cangaço. “Era uma Bahia diferente. Desde o evento de Lucas da Feira, até o final do Cangaço, trazido por Lampião e Corisco, Salvador atravessou este tempo como capital quase ilhada, à qual o contato com outras capitais se fazia quase exclusivamente por navios de carreira. Ver suas imagens é visitar uma outra noção de espaço e dinâmica humana”, explica o geólogo Rubens Antonio.

Rua da Graça, 284
Visitação: terça a sexta, das 13h às 19h, e 
sábados, domingos e feriados, das 14h às 19h.
Tel. 71 3117 6987

©2017 SSAUP Salvador Update - Desenvolvido por AZUL DESIGN(ERS)

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?