Canal Brasil homenageia Ferreira Gullar

O Canal Brasil prestará uma homenagem ao escritor Ferreira Gullar neste sábado, dia 10 de dezembro. A partir das 19h10, o canal resgata duas entrevistas concedidas aos programas “Sangue Latino” e “Preto no Branco”. O especial continua com a exibição do documentário inédito “Um Maranhense Chamado José Ribamar – A Arte Existe Porque a Vida Não Basta” (2016). Média-metragem de Zelito Viana e Gabriela Gastal, que traz poemas musicados por grandes personalidades da MPB como Paulinho da Viola e Adriana Calcanhotto.

Dia 10/12 (sábado) – Homenagem a Ferreira  Gullar:
19h10 – “Preto no Branco” (2016)
19h35 – “Sangue Latino” (2010)
20h – “Um Maranhense Chamado José Ribamar – A Arte Existe Porque a Vida Não Basta” (2016) – Inédito

“Preto no Branco” (2016) (25′)
Sinopse: Ferreira Gullar defende o impeachment como a única saída para a crise no Brasil. Com 85 anos, o escritor fala sobre a importância de produzir textos de qualidade e relembra “Poema Sujo”, uma de suas principais obras.
Classificação: Livre
Gênero: Entrevista

“Sangue Latino” (2010) (25′)
Sinopse: Ferreira Gullar abre as portas de sua casa para fazer uma reflexão a respeito da América Latina e conversar sobre a vida com Eric Nepomuceno.
Classificação: Livre
Gênero: Entrevista

“Um Maranhense Chamado José Ribamar – A Arte Existe Porque a Vida Não Basta” (2016) (50′)
Inédito e exclusivo
Direção: Zelito Viana e Gabriela Gastal
Sinopse: O documentário dos cineastas Zelito Viana e Gabriela Gastal é um grande tributo à contribuição de Ferreira Gullar ao mundo das artes. Textos célebres do escritor são dramatizados por Marco Nanini, em interpretações intensas e solitárias de alguns de seus versos mais conhecidos. Na voz do ator é possível conhecer um pouco da personalidade do homenageado, saber dos problemas enfrentados nos tempos de ditadura militar, os dramas da sua vida e seus questionamentos políticos e sociais. Seus poemas ainda ganham versões musicadas no violão de Paulinho da Viola e nas vozes de Adriana Calcanhotto e Laila Garin.O roteiro de Nelson Motta traz verdadeiras pérolas registradas em entrevistas com o protagonista desta película. Ferreira Gullar explica a relação com suas obras, a descoberta do apreço pela poesia e o início da vida no Maranhão sem fugir de polêmicas, marca tradicional de sua trajetória.
Classificação: 12 anos
Gênero: Documentário

©2017 SSAUP Salvador Update - Desenvolvido por AZUL DESIGN(ERS)

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?