Documentário: Ouro, Suor e Lágrimas será exibido em agosto, no Canal Brasil

A primeira posição no ranking dos esportes favoritos do brasileiro é indiscutivelmente ocupada pelo futebol. A disputa pelo segundo lugar desse pódio pode até ser discutível, mas é inegável que o vôlei é um dos favoritos para ocupar o posto. Parte desse prestígio foi conquistado a partir das Olímpiadas de Barcelona (Espanha), realizadas em 1992, quando a seleção masculina conquistou a primeira medalha de ouro em um esporte coletivo da história do país. O documentário de Helena Sroulevich analisa e acompanha os bastidores da década seguinte, entre 2002 e 2012, quando as nossas equipes se consolidaram como verdadeiras potências da quadra, conquistando os troféus de todos os principais campeonatos do mundo.

O filme é fruto da grande paixão da diretora pelo esporte. Ela começa sua narrativa mostrando o início do treinamento das equipes brasileiras para as Olimpíadas de Londres (Inglaterra), realizadas em 2012. No centro de treinamento oficial da Confederação Brasileira de Vôlei, localizado em Saquarema, no Rio de Janeiro, o filme acompanha a árdua rotina de treinamentos enfrentada pelos atletas verde-amarelos. Comandados por Bernardinho, na modalidade masculina, e José Roberto Guimarães, na feminina, os jogadores treinam até encontrar a perfeição procurada para os jogos oficiais. São repetições exaustivas de movimentações e jogadas combinadas, aliadas a vídeos motivacionais, palestras técnicas sobre os adversários a seguir, e exercícios físicos, de forma a garantir a melhor forma de quem leva o Brasil a cada saque.

Depoimentos dos jogadores e dos técnicos mostram os motivos do país ter alcançado a glória nesse esporte. Atletas falam sobre a dedicação necessária para servir à seleção, os problemas pessoais que afetam o dia a dia dos jogadores, a amizade entre os membros da equipe e até das brigas e desentendimentos entre eles. Os comandantes comentam a importância em manter a equipe focada, em momentos distintos; enquanto os homens viviam um auge conquistando títulos em todas as mais importantes competições, as meninas batiam sempre na trave, amargando derrotas em finais – situação invertida nas duas últimas olimpíadas, quando as mulheres ocuparam o mais alto posto do pódio, e os homens ficaram com a prata. Em tom emocionado, eles demonstram como cada gota de suor justifica seus feitos no esporte.

Segunda, dia 08/08, às 22h e domingo, dia 14/08, às 18h.

 

Onde encontrar o Canal Brasil:
NET – canal 150
NET HD – canal 650
SKY – canal 55
Claro – canal 67
Oi e Via Cabo – canal 66
GVT – canal 103
Vivo TV DTH – 806
Vivo IPTV – 656

©2017 SSAUP Salvador Update - Desenvolvido por AZUL DESIGN(ERS)

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?