Artista colombiano Fernando Arias convida público a “Ler na Rede”

Realizando residência artística no Goethe-Institut Salvador-Bahia desde o fim de agosto, o colombiano Fernando Arias acredita no tempo dedicado à reflexão crítica como meio de consolidar posicionamentos e práticas em torno de questões sociais e de meio ambiente: é preciso se destacar das pressões de ser produtivo para sobreviver no mundo capitalista contemporâneo. Por isso, já em sua temporada de despedida da cidade, ele convida o público à experiência do “Ler na Rede”, uma ação para alimentar a preguiça criativa, nesta sexta-feira, 23 de setembro, às 17h, no pátio do ICBA, com entrada franca.

 

Utilizando o agradável ambiente a céu aberto e espaços da sede do instituto, no Corredor da Vitória, Fernando monta redes, exibe vídeos de sua autoria, inaugura um mural que convida à desaceleração, disponibiliza livros selecionados da biblioteca do Goethe e ainda serve beijus e bebidas aos presentes. É para relaxar, contemplar a humanidade, repensar alternativas, viver utopias.

 

A atividade é feita em parceria com a Escola de Dança e Programa de Pós-Graduação em Dança da Universidade Federal da Bahia (PPGDança/UFBA), cujos alunos da disciplina Acompanhamento de Residência Artística vão antes participar de uma tarde de troca de experiências com o artista residente.

 

FERNANDO ARIAS E O PROGRAMA DE RESIDÊNCIAS – Artista visual que indaga constantemente a condição humana, Fernando Arias trabalha com filme, fotografia, instalações e ações. Conflito, sexualidade, religião e política são temas recorrentes. Atualmente, ele vive entre Bogotá e a costa pacífica de Chocó, onde, através do projeto da sua fundação Más Arte Más Acción, gera processos artísticos interdisciplinares em colaboração com artistas e escritores que questionam temas sociais e referentes ao meio ambiente.

 

Arias está em Salvador desde o último dia 26 de agosto e permanecerá até 28 de setembro, como participante do Programa de Residências do Goethe-Institut Salvador-Bahia. Inaugurado neste ano de 2016, o Programa de Residências se destaca no âmbito geral do Goethe-Institut por ser o primeiro e único no “sul global”, abaixo da Linha do Equador, representando um cinturão político que privilegia a relação entre Brasil e países da América Latina e da África. O Programa permite a permanência na capital baiana de artistas e pesquisadores de diversos países. Além de vivenciar a cidade e o estado, os visitantes têm contato com produções e agentes culturais locais, promovendo intercâmbio de referências, experiências e conhecimentos.

 

LER NA REDE

Com: Fernando Arias

Quando: 23 de setembro (sexta-feira), 17h

Onde: Pátio do Goethe-Institut Salvador-Bahia/ICBA

(Av. Sete de Setembro, 1809, Corredor da Vitória)

Entrada franca

©2017 SSAUP Salvador Update - Desenvolvido por AZUL DESIGN(ERS)

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?