Vércia apresenta ” Africanidades Livres”

A influência dos blocos afros na emancipação do povo negro baiano, estimulando uma cultura de valorização cultural e auto estima é o tema das “palestras musicadas” que a cantora baiana Vércia apresenta no mês de abril em Salvador. O projeto denomina-se “Africanidades Livres” e consiste na realização de eventos músico-literários em diversos bairros da cidade. O primeiro da série acontece no dia 1º de abril, às 17 horas, em Pernambués (Centro Social Urbano), com entrada franca. O projeto foi contemplado pelo edital Arte em Toda Parte, da Fundação Gregório de Mattos/ Prefeitura Municipal.

 

A idéia do projeto, criado pela própria Vércia e pela produtora e multiartista baiana Maria Prado de Oliveira, é unir música e literatura, proporcionando debates sobre o processo libertário de povos subjugados historicamente, como é o caso dos afrodescendentes. No contexto musical, Vércia apresentará um repertório pautado em gêneros de origem africana. Já na sua vertente literária, o projeto conduz a uma comparação com a realidade de Moçambique, na África, a partir da obra “Nós Matamos o Cão Tinhoso”, do escritor Luís Bernardo Honwana.

 

Confira os locais onde vão acontecer as palestras musicadas, sempre às sextas-feiras do mês de abril, às 17h, com entrada franca:

Pernambués – Centro Social Urbano (1º de abril)

Itapuã – Casa da Música (8 de abril)

Ribeira – Instituto de Cultura Brasil Itália Europa (15 de abril)

Cajazeira XI – Associação Pássaros das Águas (22 de abril)

Liberdade – Centro Social Urbano (29 de abril).

©2017 SSAUP Salvador Update - Desenvolvido por AZUL DESIGN(ERS)

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?