Espetáculo O Outro lado de Todas as Coisas traz uma homenagem à Caio F.

No conto A morte dos girassóis, o escritor Caio Fernando Abreu – morto há 20 anos vítima da AIDS – disse: “depois que comecei a cuidar do jardim aprendi tanta coisa, uma delas é que não se deve decretar a morte de um girassol antes do tempo, compreendeu?”.

Caio F., como era conhecido o literário gaúcho, é o segundo escritor com mais citações nas redes sociais, com páginas repletas de milhares de seguidores de diversas gerações. Entre eles, os voadores da ATeliê VoadOR Companhia de Teatro, que estreiam no dia 01 de setembro, às 20h00, no Teatro Sesc Senac Pelourinho, o espetáculo O Outro Lado de Todas as Coisas, umaautoficção com o ator Duda Woyda.

O quê: O Outro Lado de Todas as Coisas – solo voador com Duda Woyda

Quando: de 01 a 30 de setembro, quintas e sextas-feiras, às 20h00.

Onde: Teatro Sesc Senac Pelourinho

Entrada: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)

 

A montagem, que ficará em cartaz até o dia 30 de setembro, sempre as quintas e sextas-feiras, às 20h00, tem dramaturgia de Djalma Thürler, que se utiliza de uma “reescrita contemporânea” para fazer uma homenagem a Caio Fernando Abreu. A peça é cheia de elucubrações a respeito do amor ou da falta dele.

©2017 SSAUP Salvador Update - Desenvolvido por AZUL DESIGN(ERS)

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?