O “Clube de Patifes” e a Casa de Marimbondo

O “Clube de Patifes” foi fundado em 1998, quando um grupo de estudantes da Universidade Estadual de Feira de Santana, entusiastas da cultura, em suas reuniões, começaram a compor músicas. O tema que mais fascinava a todos logo despontou: a noite e seus personagens. A sonoridade ideal, a qual casaria perfeitamente com essa temática: o blues em todas as suas variantes, mas estas influências não foram definidoras da musicalidade e sim, da plasticidade do grupo.

Alguns anos depois, em 2001, lançaram pelo selo Covil Independente, seu primeiro disco, intitulado “Do Palco ao Balcão”. Logo se destacaram as músicas “Noite em Claro” e “Sol no Topo”, bastante pedidas nos shows da banda. O álbum representou uma grande conquista para os músicos, por se tratar de uma banda independente nascida no interior da Bahia. Em 2010, os Patifes lançaram o seu segundo álbum, o tão esperado “Com um Pouco Mais de Alma”, que teve sua prévia com o single “Mulher de Repente”, lançado em 2007.

O grande desafio imposto ao Clube de Patifes é continuar propagando as suas músicas recheadas de influências regionais, presentes tanto na estética quanto nas alegorias cantadas, e, sedimentar a sua peculiar sonoridade construída a partir de elementos culturais afrobrasileiros, o que levou a banda a definir sua música como “Candomblues”, é só escutar a emblemática “um dia blue” – do álbum “com um pouco mais de alma” para entender do que está se falando. Além disso, é muito evidente, para todos da banda, a semelhança existente entre as dores do blues afroamericano e o sofrimento presente no forró tradicional (nordestino sertanejo), tanto em métrica, quanto em sentimento. O que leva o grupo a sonhar “um dia conseguir unir as águas do Mississipi às águas do Paraguaçu e do Velho Chico”.

Outro desafio que veio com a maturidade e anos de circulação é o enfrentamento às barreiras impostas pela própria lógica do mercado fonográfico e pelas dificuldades da cena alternativa do interior da Bahia, estão preparando desde o início de 2015 o quarto e mais maduro álbum com previsão de ser lançado em Fev/2016, chamado Casa de Marimbondo, com 11 faixas produzidas pelo renomado produtor musical André T.

Falando em circulação… Nestes 17 anos de existência o Clube de Patifes já tocou nos mais diversos palcos, bares e festivais para os mais diversos públicos em diferentes cidades e Estados da União… Desde 2010 a banda vem se conectando com redes, coletivos e produtores pais afora potencializando, ainda mais, os Giros do Clube fazendo com que esteja presente cada vez mais nos maiores eventos independentes do país e, que esteja cotada entre as bandas mais significativas do circuito independente baiano da atualidade.

A banda é formada por:

Joilson Santos (Baixo)
Pablues (Voz/Gaita)
Paulo de Tarso (Bateria)
Luyd Andrade (Guitarra)
Rodrigo Borges (Guitarra)
Quinho (Trombone)

Discografia

Do Palco ao Balcão  2001
Ao vivo no Palco do Rock/2006 – 2006
Mulher de Repente – 2007
Com um pouco mais de alma – 2010
Acústico – 2013
Radiola (EP) – 2014
Casa de Marimbondo – (Previsto para FV/2016)

©2017 SSAUP Salvador Update - Desenvolvido por AZUL DESIGN(ERS)

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?